NSeX

[O automóvel] 

                O Honda NSX é, sem grande margem para dúvidas, um dos maiores desportivos de sempre. Criado para ombrear com os Ferrari e Porsche, o NSX abalou o mundo automobilístico quando surgiu nos finais do século passado. O novo NSX vem honrar o passado glorioso do primeiro modelo (que ficou também conhecido como um dos eleitos na garagem do mítico piloto Ayrton Senna) e surge em 2017 como um verdadeiro supercarro. 4 motores, potência combinada (gasolina e elétricos) de 581 cavalos e uma estética fantástica fazem do porta-estandarte da Honda um dos futuros ícones automobilísticos.

        O motor a gasolina V6 (de 507 cv) colocado em posição central assume as responsabilidades de propulsão a par com dois motores eléctricos nas rodas dianteiras que além dos 37 cavalos que gerem, permitem a vectorização do binário, travando e acelerando independentemente. Por fim, um quarto motor também eléctrico e colocado no eixo de transmissão diminuí o lag do motor de combustão e potencia a sua faixa de utilização. A juntar a isto tudo, temos a tracção integral, um chassis de alumínio e aço reforçado e carbono que apesar de não diminuir consideravelmente o peso deste desportivo, ajuda a manter o centro de gravidade bem perto do chão. O novo NSX é um verdadeiro «avião» sobre rodas e os 307 km/h provam as pretensões da marca nipónica em rivalizar com o Audi R8 ou o Porsche 911 Turbo.

Perfil vencedor.

[A miniatura]

                A AUTOart continua a ser uma das marcas mais bem sucedidas no fabrico de modelos à escala. O uso de materiais leves, os detalhes mantidos e a atenção ao pormenor fazem com que os colecionadores optem por modelos desta marca ao invés de outras. Contudo a subida de preço que ano a ano se tem vindo a registar começa a resfriar os ânimos e as compras dos fãs destas pequenas maravilhas. A AUTOart percebeu isso e passou a utilizar materiais mais leves e de produção mais barata para conseguir baixar ligeiramente os preços de venda. Este NSX é um desses modelos e não pensem que por utilizar outro tipo de material perde as qualidades da AUTOart; não, elas estão lá e já falaremos disso. De ressalvar ainda que a utilização de resina composita veio para ficar e ajuda a ter ainda melhor qualidade na miniatura que os modelos em metal.

Os detalhes nesta miniatura fazem enganar o olhar, principalmente com um cenário como o que aqui mostramos.

 

[O que gostamos]

            Como já referimos, este NSX é feito em compósito o que nos leva directamente a falar de uma das melhores características desta miniatura: as folgas. Quase imperceptíveis graças à espessura da resina, este modelo tem um nível de acabamentos fantástico, bem como detalhes bem ao nível que a AUTOart nos habituou. A pintura também está num patamar muito bom graças, novamente, ao material usado. O conjunto jante-travagem-pneu é outro sector onde a AUTOart se esmerou, tendo conseguido um aspecto verdadeiramente fiel ao real, tal como conseguiu nos faróis e farolins, interior e na malha de carbono, bem aplicada e com uma escala muito bem realizada.

[O que podia melhorar] 

             Neste campo teremos de entrar no modo «picuinhas» e apontar o dedo ao compartimento da frente, demasiado plastificado. Também as quatro ponteiras assumem o plástico como produto elegido o que faz diminuir a percepção de qualidade geral. Ainda assim, não podemos assumir que é isto que baixa o alto padrão de qualidade desta miniatura mas tem de ser feito o reparo. Não há mais nada a dizer neste campo, garantidamente.

[Apreciação final]

         A AUTOart continua a não desiludir. A aposta do compósito está ganha e valoriza a miniatura pois melhora a qualidade final e durabilidade do modelo quer nos produtos utilizados para a sua construção, quer na pintura onde alguns dos modelos mais antigos começam a ter problemas. Esta representação do Honda NSX está fantástica, quase isenta de reparos e até o preço acreditamos estar ao nível da concorrência (que até lança modelos selados pelo mesmo valor ou superior). É um modelo que acreditamos ter muito sucesso e é sem sombra de dúvidas uma mais valia para uma coleção, principalmente para os aficionados do mercado JDM e dos supercarros.

#9/10

error: Content is protected !!