Minifamily Ferry Crossing Event 2019

     O dia não amanheceu convidativo a passeios nem a fotografias ao ar livre. Ainda assim, acompanhar esta família de aficionados da marca britâ… esperem, alemã, é sempre motivo mais que suficiente para ignorarmos as vontades do S. Pedro e rumar até ao ponto de encontro. A Minifamily já adotou o Gandalata como seu porto de abrigo, referência de encontros ou simplesmente local de chillout e de convívio. O facto de sermos sempre bem recibos e dos donos do local serem fãs da Mini também ajuda claro mas não tiremos mérito ao esforço que tem sido feito quer pela administração da Minifamily quer por parte da gerência do Gandalata.

Os mais novos partilham a atenção com os manos mais velhos.

     Tal como em 2018, o programa deste evento iniciava-se em Belém junto à estação fluvial com um animado convívio em torno da mesa e claro, muita troca de ideias junto aos diversos Minis estacionados nas imediações. Além de um maior número de participantes face ao ano anterior, temos de destacar o espírito familiar bem mais exacerbado neste evento. Foram muitos os que trouxeram a esposa ou esposo e os filhos levando a que toda a família partilhe o gosto pelos automóveis e em especial pela Mini que continua a mover muitos aficionados a estes eventos. Mas além da paixão pela marca, também o programa do evento cativa qualquer um.

    Como já referimos, o evento começou em Belém com a recepção no Gandalata. Mas um evento de nome Ferry Crossing Event tinha de ter uma travessia de Ferryboat claro. Um dos pontos altos do dia foi então encher um ferry de Mini’s, vê-los lado a lado a ocupar o convés da embarcação e claro, aproveitar a viagem que, embora curta, dá sempre para umas fotos de família e umas selfies entre os membros. Aproveitámos para recarregar energias e claro, falar com alguns dos presentes. Já na margem sul, era altura de sair do barco rumo a Azeitão, pela Nacional 10 que, já com o sol a brilhar, convidava ao passeio, o que fez com que o trânsito começasse a acumular em alguns locais mas nada que estragasse o bom humor da comitiva.

Os nossos monumentos nacionais... um orgulho.

    Se estávamos em viagem, nada como aproveitar para treinar mais umas fotos em andamentos e se há carros fotogénicos, são os da marca Mini. Com várias cores, personalizados com listas, xadrez, desenhos ou vinils mais ou menos elaborados, cada um dos automóveis presentes, modernos ou mais antigos mostra o gosto e personalidade do seu dono. Já o referimos muitas vezes mas esta marca é uma das, se não a mais personalizável o que faz com que num evento como este a variedade seja imensa e não haja um Mini igual a outro. E com isto tudo, chegávamos a Azeitão, mais concretamente à Bacalhôa.

     «Temos de voltar» foi uma das frases mais ouvida ao longo da presença da família Minifamily na Quinta da Bacalhôa. As provas de vinhos verticais, os testes a moscatéis, a visita a espaços da Quinta e em especial a disponibilidade da guia da Bacalhôa cativa a que, seja num evento deste género ou apenas com a família, se repita a visita. O espaço da empresa é interessante para as fotografias e agradável para um final de tarde único junto de amigos e familiares. Independentemente do resto, digamos, dos automóveis, são as pessoas por trás deles que nos movem a continuar a acompanhar estas aventuras. Venha o próximo, não falharemos.

error: Content is protected !!