Imola Yellow - All Wheels Photography

Imola Yellow

   Já lá vai o tempo em que o parque automóvel nacional se cingia a duas ou três cores mais simples e até monótonas. Hoje em dia as cores vivas e brilhantes começam a re-surgir tal como acontecia há vários anos. Os amarelos, vermelhos, azuis e verdes são já propostos logo de fábrica mas normalmente mais associados a modelos desportivos. Logo com a primeira fotografia deste artigo entendem o porquê de estarmos a dar tanta ênfase a este assunto das cores. Este Imola Yellow da Volkswagen é característico das versões GTI do Golf e neste caso específico, veio substituir a cor preta que a nosso ver (e do dono também, claro), foi uma aposta mais que ganha. Além da vivacidade que este projecto ganhou, destaca-se no parque automóvel e num evento, garantimos que atrai atenções e aplausos. E é isso que se pretende num projecto, atrair atenções desde que, claro, esteja também ao gosto do seu dono.

    A Volkswagen apostou forte na quarta geração do seu utilitário e lançou-a em 1997, apostando em subir a parada em termos de qualidade de equipamento, estilo e conforto, tentando destacar o seu modelo da concorrência que começava a fechar fileiras relativamente aos volumes de venda, especialmente na Europa. A quarta geração do Golf marcava uma nova fase na história da marca ao oferecer qualidade de montagem equiparada ao Passat, de segmento superior e ao seu «irmão» de produção, o Audi A3. Com a subida da qualidade também o preço subiu, o que fez com que, no início da comercialização, a Volkswagen oferecesse alguns extras e opcionais mais caros. Por isso, é fácil encontrar nos modelos mais antigos do Golf IV opções de catálogo que não são habituais encontrar num familiar compacto de finais da década de 90.

O amarelo Imola deste Golf faz sobressair todas as linhas e ângulos deste Golf.

    Mas não é disso que vamos aqui falar, até porque já fizemos um artigo sobre o Golf IV (que colocaremos assim que for possível no nosso website). Este artigo mostra um raro Golf IV pintado em amarelo característico do GTI que mereceu a nossa atenção e claro, sessão fotográfica. Combinada nas vésperas da ida ao evento Drop’pt que mostrámos na semana passada, esta sessão fotográfica já estava pensada há algum tempo. Fruto do bom gosto e conhecimentos do seu dono, foi a intervenção de amigos e empresas como a TM Pneus e Acessórios e a AutoPerfection Portugal que num todo, formaram este fantástico projecto.

    E falemos disso então. Uma das modificações mais visíveis é, como já referimos, a cor. O tal Imola Yellow assenta muito bem nas linhas deste Golf, dando-lhe um ar mais robusto e até moderno, escondendo os  anos que vão passando por ele. Juntamente à cor, o bodykit completo da versão do 25º aniversário do Golf da versão comercializada nos EUA ajuda à interpretação de desportividade deste projecto. As saias laterais e os aventais frontal e traseiro aumentam a projecção da robustez e atribuem um aspecto quase de obrigatório, ou seja, com estes adornos estéticos começamos a achar que todos os Golf IV deviam sair de fábrica com ele.

Bem baixo, como se gosta.
As interessantes jantes RH escondem os travões que serão alvo de upgrade.

    Além dos acertos estéticos já enunciados, há mais duas modificações que são responsáveis pela restante postura deste projecto. A suspensão a ar da TA Technix consegue colocar o Golf encostado ao chão e claro, as jantes fazem o resto do trabalho. O set rolante é composto pelas jantes RH ZW3 de 18 polegadas em formato staggered (9j na frente, 9,5j atrás) envoltos em borracha  215/35 e que esconde a travagem de 312 mm que, já sabemos que será trocada em breve. Tudo isto conjugado dá um projecto que cativa em cada foto, em cada olhar. Poeticamente correcto, este Golf faz-nos tirar mais e mais fotos, sem nos apercebermos que já temos mais que material suficiente. O contraste entre o vibrante amarelo e o cenário cinzento continua a alimentar a nossa veia fotográfica e a pedir ao dono do Golf para o mudar de posição.

    Quando temos a sombra já no local correcto, passamos ao interior. Aqui o tom é mais escuro, mas ainda houve espaço para apontamentos de cor, nomeadamente nos Recaro que foram restaurados e terminados com pespontos vermelhos. Sentados no banco de trás, podemos ver que os espelhos retrovisores também foram alvo de retoques, possuindo este Golf IV dois espelhos simétricos ao invés do habitual espelho mais pequeno do lado do pendura. Apesar dos anos, o interior deste Golf encontra-se bem estimado e nota-se o cuidado que o dono tem com ele.

Matrícula quadrada atrás, estilo USA.

   Esse cuidado transparece no exterior. Além das modificações de maior monta e visibilidade, outros detalhes foram tratados. As mangas de eixo e triângulos da suspensão são provenientes do Golf R32, a epítome da desportividade das versões Golf e os faróis originais da Hella com fundo negro completam a frente e fazem excelente combinação com a grelha também negra. Por baixo do capot também houve algumas afinações e tratamento do mesmo. Além de cuidadosa manutenção, os acertos electrónicos e mecânicos fazem o 1.9 TDi de 110 cavalos respirar saúde e… produzir mais alguns póneis, cuja potência tem sonoridade própria devido ao escape personalizado.

   No meio de tanto detalhe e modificação, podemos resumir em poucas linhas este projecto. Aliás, nem é preciso linhas, bastam algumas palavras: dedicação, detalhe e bom gosto, Afinal de contas, um projecto automóvel é mais do que meras modificações. Há um planeamento, investigação, conhecimentos… e depois vêm as amizades e os eventos onde se conhecem mais projectos e mais pessoas. No meio disto tudo, o automóvel em si acaba por ser um meio para nos exprimirmos e claro, acabamos por conhecer pessoas e fazer amigos para a vida. Não queremos ser repetitivos, e certamente que quem nos segue e acompanha já leu palavras semelhantes mas os projectos automóveis são mais do que isso mesmo. Desfrutem deste artigo.

error: Content is protected !!