GT Spirit Mercedes-Benz C63 S AMG

[O automóvel] 

      Voltamos à temática AMG nas miniaturas. As três letras mágicas da marca da estrela têm surpreendido a cada automóvel produzido e claro que ao pegar num familiar como o novo Classe C, o resultado só poderia ser extraordinário. Com um audível V8 biturbo, o C63 S AMG debita 510 cavalos e atinge os 100 km/h em 4 segundos, continuando a acelarar até aos 290 km/h.

   Mantendo a postura familiar, o C63 S AMG oferece lugares para 5 adultos e uma bagageira com capacidade para bagagens de todos eles, sem esquecer os pequenos luxos como a pele, o alumínio escovado ou o carbono polido, consoante a opção do comprador. A versão S distingue-se do «normal» C63 pela pele Artico com inserções em alumínio e um fantástico relógio analógico IWC. A AMG Dynamic Select e o botão de escolha de três modos de condução estão presentes tal como o botão de selecção do «cantar» do escape e os três modos de actuação do ESP.

    No exterior, a extravagância de outrora deu lugar ao aspecto desportivo mas sem «exageros» desta nova versão. Claro que quando comparada à versão base do Classe C, o C63 S AMG é claramente mais chamativo e apelativo esteticamente. Com uma frente mais larga e pára-choques com entradas de ar redesenhadas ligam-se às ilhargas em alumínio com as inscrições V8 biturbo a completar. De perfil, a menor altura ao solo e as enormes jantes de 19” multiraios (ou as opcionais em formato estrela) que escondem os massivos travões AMG (que podem também ser de cerâmica – opcional) completam o aspecto agressivo. Na traseira o destaque vai, claramente, para os dois pares de ponteiras do escape desportivo da AMG – os tais responsáveis por tão bonita banda sonora – integram na perfeição o difusor traseiro e terminam o trabalho de aerodinâmica feito pelos designers da AMG, onde se destaca também as saídas de ar laterais do pára-choques da retaguarda.

      Um verdadeiro AMG, para amantes da velocidade que não querem perder o lado prático do automóvel.

A miniatura deste AMG tem um elevado grau de perfeição em termos de escala, detalhes e aspecto geral.

[A miniatura] 

     Proveniente da já bem sucedida GT Spirit, é mais um modelo que os apaixonados do colecionismo pediam mas que ainda nenhuma marca tinha feito. Com uma linhagem de modelos AMG já bem «crescida», a GT Spirit optou por entregar aos clientes uma versão com os opcionais reais e com a decoração opcional do modelo de topo, o S. 

     O facto de ser selado há muito que não incomoda a maioria dos colecionadores da escala 1:18 dado que é uma «moda» que veio para ficar. As folgas são algo do passado e os detalhes da carroçaria são cada vez mais explorados de forma minunciosa e correcta, atribuindo aos modelos finais um aspecto muito próximo ao do modelo real. O peso da miniatura sente-se apesar de ser resinado e os vários pormenores que a mesma tem prendem-nos a atenção durante bons minutos.

[O que gostamos]

      A pintura mate está em grande destaque, muito bem aplicada e sem falhas. O mesmo se pode dizer dos faróis e farolins, nos quais nem as tiras de leds e os detalhes das lâmpadas faltou, tal como nas jantes onde o trabalho de detalhe foi bem executado. Também o interior, de difícil acesso (mesmo em fotos) está excelente, com as malhas dos bancos e o tablier minunciosamente detalhados.

[O que podia melhorar]

      Alguns detalhes como a matrícula traseira torta, o spoiler traseiro descolado e com mau acabamento, o vidro traseiro descolado e umas pequenas marcas de cola «aqui e ali» acabam por manchar o excelente trabalho da GT Spirit. Apesar de alguns destes pontos menos positivos não serem genéricos, contactámos alguns entusiastas com miniaturas iguais e concluímos que o controlo de qualidade não fez horas extras neste C63 S AMG. Nada que nos tire o sono, mas por cerca de 90€, achamos que é algo que deveria ter melhor atenção

[A apreciação final]

      Numa temática em que cada vez mais os colecionadores apostam, nada como haver uma marca que ouve o que eles gostam e pedem, tal como faz a GT Spirit. Preocupada em criar peças ainda não produzidas ou em conseguir oferecer mais por menos, esta marca continua a surpreender no seu curto período de actividade e este C63 S AMG é mais um dos seus excelentes produtos. A Mercedes-Benz produziu um automóvel familiar, elegante e confortável, a AMG apimentou-o e apresentou-o ao mercado de superdesportivos e a GT Spirit reduziu-o 18 vezes e criou uma miniatura limitada, claro, mas acessível a todos os fanáticos pelas três letras mágicas – AMG. E que bem fica ao lado do irmão mais velho, o C63 W204.  

#8/10

error: Content is protected !!