Golf-er

    Há uns dias atrás partilhámos no nosso site um artigo sobre a primeira edição do Drop’pt, que decorreu a 19 e 20 de Maio em Amares, Braga. Dois dias de evento que reuniu alguns dos melhores projectos nacionais e até estrangeiros, numa festa que permitiu ter uma visão da qualidade elevada em que se encontram esses mesmos projectos. Conforme referimos no tal artigo, os dois dias do evento tiveram propósitos diferentes, sendo o primeiro mais virado para o convívio entre os expositores e o segundo definido como o evento propriamente dito. Ora a All Wheels Photography  aproveitou o pouco tempo livre entre o convívio, troca de ideias e animadas conversas com amigos e clientes para realizar algumas sessões fotográficas.

   O recinto da Quinta dos Cisnes onde se realizou o evento é um local especial. Tem áreas de restauração, um bar com telhado de colmo, praia fluvial, uma pequena enseada com uma ponte de madeira, vários animais exóticos e até tem uma carruagem no meio de um prado. Além disso, os inúmeros recantos, zonas jardinadas e lagos permitem aos amantes da fotografia passarem largas horas a apontar as lentes e a disparar. Foi o que fizemos, ao realizar algumas sessões rápidas para enriquecer o portfolio da AWP e claro, firmar alguns contactos e agendar futuras sessões. Ainda assim, houve tempo para uma sessão fotográfica mais completa e até especial. Estávamos já apalavrados com o João há muito tempo, mas a incapacidade de cruzar datas levou a que esta sessão fotográfica se adiasse por mais de um ano.

Pequenos detalhes. Aqui, um «sticker» do evento onde realizámos a sessão.

    Ora, estávamos num local de qualidade visual ímpar, com o Golf do João à frente, o que fazer então? Já perceberam, ao terceiro parágrafo, o que foi feito. Apesar do espaço limitado e do tempo escasso, conseguimos captar a essência deste projecto que, à imagem de outros do mesmo estilo, não dispensa algumas modificações que nos dias que correm, já se tornaram essenciais num projecto automóvel de qualidade. Este Golf V foi personalizado exteriormente com material OEM e proveniente da própria marca. Sem invenções desnecessárias, a importação do estilo de modelos topo-de-gama é já como que um «clássico» dos projectos bem pensados, dado que nada assenta melhor nas linhas de determinado modelo do que aquilo que foi directamente desenhado para melhor assentar.

     Assim, este Golf conta com frente GTi, onde a imensa grelha central em favos de mel, pintada a preto brilhante, marca presença. O contraste com a carroçaria prateada está mantido com as óticas de fundo negro e a obrigatória linha vermelha na base da porção superior da referida grelha. Para completar o aspecto desportivo e mais agressivo e claro, dar aquele impacto de «frente no chão», o lip estilo DTM foi adicionado à base do pára-choques. Destaque ainda, nesta secção, para o generoso autocolante da proud., marca recente mas que reúne alguns dos projectos mais interessantes e únicos dos últimos tempos.

    O estilo continua na lateral onde, claramente, se destacam as jantes. Pintadas num candy red vistoso, as OEMS IFG de 19 polegadas tentam esconder a travagem GTi, de forma incapaz, claro. O estilo das jantes fica, na nossa opinião, muito bem na carroçaria deste Volkswagen Golf e assentam bem com a suspensão a ar A2K que permite um rebaixamento extremo, «encavando» as jantes. As saias laterais GTi/R32 completam o look e a postura deste automóvel.

    O estilo R32 é evidente atrás. O pára-choques específico, com dupla saída de escape ao centro e de generosas dimensões, mostra que este Golf apesar de ser diesel, não está para brincadeiras. A agressividade destas linhas contrastam depois com o acerto dos detalhes e com a atenção dada na prestação de cuidados ao Golf. A pintura encontra-se em excelentes condições e apesar de ser um modelo algo visto nas «lides» da personalização automóvel, são os pormenores que destacam este projecto dos demais. Aliás, no evento, o que não faltavam eram Golf V, todos eles diferentes, todos eles espetaculares mas a nossa atenção foi mesmo para o projecto do João.

As sombras da Quinta mostraram-se perfeitas para a cor deste Golf V.

   Com o sol mais baixo e a esconder-se nas copas das várias árvores circundantes, e com espetadores da sessão já instalados por perto, passamos ao interior. Aqui a personalização foi mais além, e a aposta no vermelho das jantes é uma constante. O que salta logo à vista, mesmo ainda no exterior, é a rollcage. Desenhada para ser colocada nos automóveis de competição (rally, turismo, resistência, etc), estas armações em material compósito (podem ser ferro, alumínio, carbono ou compostos/ligas de vários componentes) aumentam a rigidez torcional do veículo e mantém o formato da carroçaria em caso de capotamento, permitindo uma maior segurança aos ocupantes. Aqui, tal como em outros projectos atualmente, o objetivo não é esse; trata-se de um acessório estético, que acentua a desportividade do automóvel, atribuíndo-lhe um perfil de competição.

Vermelho, GTD e padrão diamante. A reter neste interior.

    Além da tal rollcage, marca presença neste interior os vários detalhes a vermelho, conforme já referimos. No volante, consola central, ventiladores e dispersos plásticos, o contraste que já se verificou no exterior transpõe-se para o interior. Também os bancos, personalizados com padrão de diamante, pespontos vermelhos e emblemas GTD bordados nas costas, seguem a política de atenção ao detalhe e contraste, consistente por todo este projecto. O sistema de som, sector que por vezes é esquecido nestes projectos, levou aqui um upgrade da marca Ground Zero, ficando o subwoofer instalado na bagageira, ao pé do sistema de ar comprimido da suspensão, também ela personalizada com a temática Red Bull (aqui batizada de Red Air).

   Voltamos ao exterior para realizar as últimas fotografias e apreciar o projecto como um todo. Enquanto o fazemos, lembramo-nos que estamos num evento aberto ao público e, apesar de ser o dia de convívio entre os expositores, foram vários os curiosos que foram «espreitar» as máquinas e não podemos deixar de ouvir os comentários tecidos a este projecto em particular. Apesar de não ser o estilo preferido de todos, temos de concordar que é um projecto vistoso, feito com pés e cabeça e principalmente, ao estilo do João que, mais tarde, nos contou que inicialmente este Golf era para ser, apenas e só, um automóvel de dia-a-dia, económico e para fazer quilómetros, de forma a poupar os outros «brinquedos» mas… o «bichinho» da modificação e a vontade de tornar o que é nosso único levou a melhor e apenas três meses depois de o ter, já não era o mesmo. E resultou tão bem!

     

    Um evento de grande qualidade, com projectos únicos e muito bem executados, num espaço de referência e que deslumbra os amantes da personalização automóvel, seus familiares e amigos e que permitiu sessões privadas como esta. Estendemos um especial agradecimento à organização do evento por facilitar na escolha do local para colocar este Golf e claro, ao João por ter tido a paciência de esperar pela oportunidade de estarmos disponíveis para realizar as fotografias.

error: Content is protected !!