Drop’pt 2.0

Uma base invulgar deu um projecto muito interessante.

     800. Foram os quilómetros feitos para estarmos presentes na segunda edição do Drop’pt. Mas também confessamos que faríamos o dobro ou o triplo para estarmos presentes. Porquê? Deixamos as fotos falar por si mas temos de endereçar umas palavras aos vários envolvidos no evento, directa ou indirectamente. Mas vamos por partes. A tradição da tipologia de eventos que festeja e premeia a personalização automóvel foi mantida com dois dias de evento mas ao contrário dos restantes, no Drop’pt o primeiro dia é reservado aos expositores, isto é, apenas estão no recinto quem lá expõe os seus projectos ou patrocinadores/empresas que ajudam à organização do evento. No segundo dia as portas estão abertas, sem cobrar entrada, a todos os que desejam visitar os carros expostos e ver o que de melhor se faz em Portugal e arredores no que concerne ao estilo que podem ver nas fotografias.

A originalidade em alguns projectos era evidente.

    O primeiro dia é claramente mais calmo, o que em termos de fotografia ajuda imenso, dado que estamos mais à vontade, podemos explorar os projectos em exposição e estudá-los de forma a tirar a melhor fotografia possível. Mas essa tarefa foi dificultada (e bem) pela presença de muitos amigos e conhecidos a quem obviamente tínhamos de dar duas de letra. Mais do que as fotografias, mais do que os automóveis, também as amizades feitas ao longo dos anos da All Wheels Photography são importantes e como tal, damos muito mais importância ao convívio que às fotografias. Ainda assim, aproveitamos o pôr-do-sol para fazer o gosto ao dedo.

Desde Espanha, um dos "repetentes" do Drop'pt.
A Stanceboss marcou forte presença e um dos membros apresentou este fantástico E36.

    Já eram 21h quando deixamos a Quinta Lago dos Cisnes em Amares onde pelo segundo ano o Drop’pt teve lugar. Um local idílico, fresco (e ainda bem, os termómetros andaram sempre acima dos 30ºC em ambos os dias) com imensos animais e recantos para entreter os mais pequenos e os acompanhantes dos expositores e claro, os visitantes. E por falar em visitantes, foi no segundo dia que percebemos que o Drop’pt começa a ser mais do que um evento de automóveis alterados. A adesão dos curiosos foi massiva e a enchente, principalmente depois do almoço foi notória. Tanto que se tornou impossível (quase, claro) para registar fotograficamente os projectos ali presentes mas o que é importante é mesmo re-afirmar que o Drop’pt tem as condições reunidas para se tornar numa referência europeia em termos de eventos, dado que a nível da península ibérica já é um dos obrigatórios; prova disso os vários projectos espanhóis presentes e o núcleo de juízes dos prémios também ser espanhol.

As E91 estiveram em destaque no Drop'pt 2.0.

    O Top of the Show (melhor do evento) foi a BMW E91 do Emanuel, que se destacava no recinto pelo set rolante com umas BBS originais com uma aba que chamava à atenção bem como um camber traseiro digno de registo. A utilização de componentes da M Performance e a atenção aos detalhes ditaram a vitória e carimbaram a sua entrada para o grupo restrito da Proud. Nos restantes Top 10, destacamos obviamente os projectos já fotografados pela AWP, nomeadamente o VW Golf MK7 GTi do Diogo Inácio e a BMW E91 do Sérgio aka Careka. Os restantes Top 10 foram repartidos de uma forma muito coerente e correcta. O E36 Cabrio do Hugo (que já tinha recebido um Top no Summer On Stance do ano passado), a agradável surpresa que foi o W202 da OldBenz Garage e o merecido prémio para o MK2 vermelho de jantes Porsche foram alguns dos restantes Top 10. Ainda destacamos o MK1 do Mika, a Seat Leon espanhola que já nos tinha chamado a atenção no SOS de 2018 e claro, o Golf MK4 do Tiago Mendes, amigo da AWP e responsável pela TM Pneus e Acessórios.

O Audi A5 do André venceu na categoria do patrocinador CarAudio.

    Com os prémios entregues era altura de rumar a casa para as centenas de pessoas presentes no evento. Alguns com mais de 2000 km’s ainda para fazer colocaram-se a caminho mas para nós ainda era tempo de fazermos mais umas fotos e claro, aproveitar o sunset para explorarmos mais o recinto, as cores e a baixa ligeira de temperatura que facilitou a realização de fotografias dos vários projectos ainda presentes. E que projectos, onde destacamos o impressionante trabalho realizado no BMW E30 de um dos organizadores do evento, o Luis Ribeiro que nos confiou as chaves para podermos fazer uma sessão privada na ilha da Quinta cujo resultado promete (e que iremos partilhar em breve).

     Mais uma vez uma palavra de agradecimento à organização no nome do Luis Ribeiro, Ricardo Rocha, Saul Miguel, Luis Filipe entre outros (lamentamos não saber os nomes de todos) pelo bem que nos receberam e facilitaram o trabalho e claro, pela enorme dedicação a este evento e que tão bem nos receberam. Uma palavra também ao Bruno Markx pela troca de ideias e partilha de conhecimento e ao grupo de amigos que andam nisto dos «carros» e que nos deram duas de letra e conviveram connosco durante os dois dias, especialmente o Diogo e a sua namorada que nos acompanharam no jantar do segundo dia e aos amigos de sempre que partilharam a presença nos dois dias do evento e nos «aturaram» nas refeições e na parte do convívio noturno. Amigos que os «carros» trouxeram mas que vieram para ficar.

error: Content is protected !!