Bagged A3

     Por vezes não sabemos bem como começar os artigos. Certamente que já vos aconteceu estarem bastante entusiasmados com determinada situação e ter de escrever sobre ela, seja nas redes sociais ou numa simples SMS. Contudo arranjamos sempre forma de ultrapassarmos esta limitação, procurando inspiração numa música ou num swipe nas redes sociais. Contudo neste caso específico bastou abrirmos a pasta onde temos as fotografias deste Audi A3 para rapidamente sabermos como começar. E começamos pelo cenário, pela beleza natural que é a Pateira de Fermentelos. Resumidamente, a Pateira é uma lagoa natural situada na fronteira de concelhos de Águeda, Aveiro e Oliveira do Bairro onde os desportos aquáticos, as caminhadas, pesca e vários eventos desportivos são o atrativo principal. Há ainda uma Estalagem com vista para a lagoa. Com um cenário destes, como não aproveitar?

Em qualquer ângulo, este A3 transpira estilo!

    Já que falámos do local, resta agora centrar as atenções no projecto que aqui vos mostramos. Este Audi A3 8P (código interno que designa a segunda geração) surgiu nos mercados em 2003 e aumentou o sucesso do familiar do segmento médio da casa de Ingolstadt embora tenha sido lançado inicialmente apenas no formato que aqui vemos, de 3 portas. Posteriormente surgiu a versão de 5 portas (sportback) e já mais perto do fim da produção surgiu o cabriolet de 2 portas e capota de lona, bem ao estilo Audi. Em qualquer das variantes de carroçaria, os motores variam dos bem sucedidos TDi aos FSI mas independentemente da opção de motor, o Audi A3 é um modelo sólido, com excelente qualidade de construção e boa habitabilidade.

    Mas aqui temos um projecto e como projecto que é, devemos concentrar-nos nas alterações feitas e no estilo que este A3 tem. E rapidamente se percebe que o estilo OEM plus foi a opção escolhida com a estética exterior proveniente do S3 nomeadamente os pára-choques e farolins mas a detalhe falaremos de cada uma destas partes. Depois de ter visto este projecto no Drop’pt e apesar de não termos tido grande oportunidade de realizar algumas fotos no local, tentámos fazê-lo com este artigo, junto à Pateira num local de limitado acesso (bendita suspensão a ar!).

   O recanto escolhido mostrou-se perfeito para a cor negra deste Audi A3. Os reflexos das árvores e do sol matinal de verão mostraram-se desafiantes mas essenciais para criar a atmosfera pedida para esta sessão. Basicamente estávamos um pouco entediados do estilo industrial da maioria das sessões fotográficas realizadas e dado que andávamos na zona, porque não aproveitar a natureza para dar mais ênfase ao automóvel em si, principalmente tendo em conta o estilo do projecto que aqui vos mostramos. E já falámos de projecto, mas ainda não abordámos os detalhes e modificações feitas.

   A frente S3 é o aperitivo para o restante projecto. O pára-choques rasga a frente com as laterais do lip a sobressaírem do restante. Apesar da cor negra, o destaque é conseguido e captado em determinados ângulos, bem como o estilo de grelhas usadas na frente deste Audi. A zona inferior em favo de mel contrapõe-se ao estilo mais usual na zona central; o logo S3 pode enganar os mais incautos mas acaba por ser aceite pelo estilo OEM+ que aqui é seguido e mantido. Apesar dos faróis não serem de olho de boi, a coloração das lâmpadas usadas acabam por dar o charme que é necessário para este sector do projecto.

    Antes de irmos à lateral, tivemos tempo para matar a fome que se foi instalando com o «esforço» fotográfico, graças à simpatia do Paulo, um dos mentores da Proud., comunidade online onde este A3 pertence. Aproveitámos para duas de letra e perceber que os Audi A3 são parte integrante da vida destes dois amigos e claro, ficámos com vontade de conhecer o «vermelhinho» do Paulo. Mas falemos do Audi do Paulo (sim, são homónimos), o Audi preto que aqui mostramos. O principal destaque vai para a suspensão utilizada e as jantes. A suspensão da Castor AirRide Sensor rebaixa e levanta este A3 de uma forma muito expressiva. Aliás este factor foi determinante para permitir que o Audi chegasse ao local onde efectuámos a sessão fotográfica, pois o acesso não é propriamente a direito, digamos. Já no sector rolante, temos as jantes RH AL CUP tripartidas de 8,5J e 10J na frente e traseira, respectivamente, envoltos em pneus 205/35 no eixo frontal e atrás 215/35. Para travar este Audi, recorreu-se aos potentes travões de 312 mm da Brembo (modelo Max).

   Na traseira, a temática S3 permanece. O estilo clean revela-se uma aposta ganha pois mantém as linhas do A3 e acrescenta um pouco de agressividade sem ser em demasia. A ponteira oval encaixa bem no difusor S3 e adiciona «dramatismo» a esta secção do projecto. Depois temos o aileron OEM da Audi que mais uma vez se mostra fiel à sublime estética deste A3. Os farolins escurecidos do S3 facelift completam o aspecto sóbrio da traseira que só é quebrado pelo «espreitar» das abas das jantes quando temos o carro totalmente rebaixado, o que é um verdadeiro deleite para os fãs desta tipologia de personalização automóvel.

Confortáveis, elegantes e simultaneamente desportivos.

   Mas viremo-nos para o interior. Aqui a onda S3 mantém-se. A versão 8V «doou» por assim dizer os bancos traseiros e os frontais, que não sendo baquets, contribuem ainda assim para um excelente ambiente a bordo. A qualidade da pele dos bancos S3 é fantástica e assegura uma excelente posição no banco, «segurando» com firmeza quem neles se senta, de forma a desfrutar de um prazer de condução ímpar. Além do interior herdado da versão desportiva, também os pilares e tecto foram retocados, tendo sido estofados de forma a combinar com o restante. Por fim, o restante destaque vai para o controlador da suspensão Castor, que permite a gestão da suspensão do interior do veículo, como a maioria destas suspensões.

    Fechamos as portas e voltamos ao exterior. A forma como este A3 se enquadra na natureza envolvente é muito interessante e leva-nos a voltar a fotografar os mesmos ângulos. À medida que o sol subia no céu, a luz e reflexos da pintura negra alteravam-se, permitindo uma visão diferente deste projecto. Aproveitamos estes momentos para falar com o Paulo sobre o seu projecto e sobre planos para o futuro. Além do que aqui é escrito e referido por nós, o Paulo conta-nos que realizou algumas alterações mecânicas ao bloco 2.0 TDi de 170 cavalos, suficientes para que este A3 fique ainda mais interessante de conduzir. Além disso, e como todos os projectos automóveis que ao longo destes anos de AWP vamos conhecendo, nunca está terminado e provavelmente esta sessão terá sido a última com a estética que aqui apresentamos.

    Tentámos a todo o custo saber mais sobre o futuro deste A3, mas o Paulo sorriu e remeteu-nos para o evento SKP que se irá realizar no próximo fim-de-semana (mais informações AQUI) onde será apresentado ao público de cara lavada. Depois do que vimos aqui e do que falámos com o Paulo, acreditamos que será algo muito interessante de se ver (e claro, fotografar). Ainda assim e como em todos os projectos, todas as fases são importantes e o seu registo também, pelo que não podemos deixar de agradecer ao Paulo e à Catarina a confiança depositada e o apoio dado ao também projecto que é a AWP. Por fim, e depois de verem todas as fotografias deste artigo, porque não espreitar em vídeo este projecto, pelas mãos da Mondego Media; prometemos que vale a pena!

error: Content is protected !!